Impermeabilizar o sofá protege o móvel de manchas e aumenta sua durabilidade

Quem tem crianças ou animais de estimação em casa, sabe: por mais cuidado que se tome para evitar acidentes naquele móvel preferido, no chão e, principalmente no sofá – uma das peças mais propensas a sofrer com esses incidentes, já que é o ponto de encontro para uma sessão de cinema em casa, bate papo em família ou para receber visitas – é inevitável. Em algum momento, a bebida vai virar e aquele molho do macarrão, farelos do pão e outros alimentos vão acabar no estofado.

Normalmente, é apenas nestes momentos de tristeza e profundo arrependimento que as pessoas se questionam dos motivos pelos quais não impermeabilizar o sofá antes de levar o móvel para casa. O procedimento protege o tecido do sofá e aumenta a sua durabilidade. Para a realização desse processo, é aplicada uma resina sobre o tecido do móvel que, ao secar, cria uma camada protetora que impede que substâncias entrem na trama do sofá.

Assim como qualquer tecido, o estofo do móvel é formado por uma grande variedade de fios entrelaçados até que o espaço entre eles seja mínimo e dê a impressão de ser maciço. Quando um líquido cai sobre essa superfície, e adentra nos espaços dentro das tramas impregnando em todos os fios.

Como é feito o procedimento?

Os serviços de impermeabilização desses móveis consistem em criar uma barreira de proteção com produtos que garantem que o sofá ficará livre de manchas causadas pela penetração de líquidos e de desgastes naturais causados pelo uso. Outro fator muito importante é que esse processo impede a proliferação de fungos e bolor, já que a umidade não tem como atravessar a superfície do estofado, e os produtos utilizados são bactericidas e anti ácaros, o que também contribui para a higienização do lar.

A arquiteta Lauren Christine lembra que esse tipo de serviço auxilia as famílias que têm pets e crianças em casa e, ainda, quem sofre com alergias. “A impermeabilização acaba sendo um ótimo recurso para proteger o móvel e garantir a presença dos animais de estimação e crianças sem se preocupar com a possibilidade de sujar o sofá com pêlos, marcas de patas, e eventuais quedas de líquidos. Assim como acontece com os líquidos, poeira, ácaros, fungos e bactérias e outros elementos que podem ser uma complicação para quem tem e quem não tem problemas respiratórios”, explica. Outra vantagem é a facilidade da limpeza, que poderá ser feita apenas com um aspirador de pó e um pano úmido.

Vida longa ao sofá

Outra dica de arquitetos para quem deseja adotar a impermeabilização é aplicar o processo naquele sofá que já passou muitos anos em casa, mas continua em ótimo estado. Nesse caso, é importante realizar uma limpeza profunda do móvel antes de iniciar o processo. O tempo de duração da impermeabilização varia, mas, em média, é de um a três anos.

Fonte: NDMAIS (Adaptado)